Você conhece as boas práticas para modelagem de um processo usando a notação BPM?

Você conhece as boas práticas para modelagem de um processo usando a notação BPM?

Hoje muitas empresas buscam mapear os processos que são feitos no dia a dia, porém para fazer essa tarefa, uma das coisas mais importantes é entender o que de fato é o processo, por exemplo: Quais são todas as etapas que as pessoas irão executar? O que o processo irá entregar como valor para seus clientes? Onde ele se inicia e acaba?

Para isso, o primeiro passo é entendermos qual o objetivo do negócio, pois quando  mal definido na maioria das vezes trará mais problemas do que benefícios.

Dessa forma definimos o negócio como todas as atividades executadas que geram lucro, bens, serviços e circulação e capital para a empresa, ou seja, o que ela entrega para o seu público alvo e clientes.

Agora que já sabemos qual o negócio da empresa, podemos avançar para o entendimento do processo de negócio, isto é, todo conjunto de atividades ou tarefas que tenham uma sequência lógica de execução, onde no final irá alcançar algum resultado em específico.

O BPMN (Notação de Modelagem e de Processos de Negócios) é um padrão para modelagem de processos de negócio, dessa forma conseguimos enxergar alguns benefícios, tais como:

Sabendo que existe diversos cenários de processos de negócio em cada empresa, no BPMN também não é diferente, aqui nós temos uma paleta enorme de possibilidades para usarmos durante a modelagem do diagrama, por existir muita informação, muitas vezes temos dúvidas do que usar e quando usar.

Para ficar mais claro o entendimento, vamos pensar no negócio de uma empresa a criação e divulgação de propagandas dos seus clientes, dentro da empresa existe um processo de negócio específico para a demanda de clientes, abaixo o detalhamento das etapas:

  1. O cliente enviará a demanda para a empresa, por exemplo: Uma cervejaria irá lançar um novo tipo de cerveja e precisa que seja criada uma propaganda.
  2. A empresa irá receber a demanda e avaliar junto ao cliente o que ele espera da propaganda, levantamento de custos, tempo e se haverá restrições.
    • Caso a demanda seja avaliada com restrições, significa que por exemplo ela deve ser exibida para maiores de 18 anos no caso de bebidas e entre outros fatores que serão definidos.
    • Caso não haja restrições irá seguir para a criação.
    • Se não houver uma concordância entre as partes, ela será reprovada.
  3.  Após a criação ela será divulgada na mídia de acordo com o combinado com o cliente.

Esse processo pode ser representado no diagrama abaixo:

Diagrama criado sem as boas práticas.

Avaliando o diagrama acima, podemos considerar algumas práticas seguindo a modelagem BPMN para melhorar a clareza no entendimento do processo, são elas:

A seguir o mesmo diagrama, mas dessa vez seguindo as boas práticas:

Diagrama criado usando as boas práticas.

Note que agora as anotações trazem consigo uma maior clareza para o diagrama, agora conseguimos identificar facilmente o porquê aquele processo foi iniciado e finalizado.

Outro ponto importante que foi utilizado é a regra avaliativa, com ela conseguimos diminuir a quantidade de gateways de 2 para 1, dessa forma o diagrama ficou mais claro e objetivo para que o lê.

As cores de todas as Pools foram alteradas para a cor branca, dessa forma ganha destaque o que realmente importa, o processo em si.

Por fim, conclui-se que o maior ganho que conseguimos ter na modelagem de um processo é saber o que é o processo em si, ter o domínio sobre ele é fundamental para o sucesso! 

Além disso, é importante ressaltar que a transparência no desenho do diagrama serve para que todos os envolvidos saibam e entendam apenas lendo qual o sentido daquele processo existir.

Luis Felipe de Andrade Rossi
Apaixonado por tecnologia e inovação, sempre buscando novos conhecimentos em artigos, eventos e cursos.
Formado em Sistemas de Informação e Pós Graduado em Sistemas e Desenvolvimento WEB, possui grande conhecimento nas áreas de desenvolvimento web, gerenciamento de projetos e middleware.


Voltar ao topo