Brainstorming: O que é? Como fazer?

Brainstorming: O que é? Como fazer?

Muitas vezes precisamos desenvolver uma ideia nova, seja ela para o seu negócio, faculdade ou mesmo para o trabalho. Mas acontece que em alguns momentos as ideias não surgem, nestes casos podemos optar por usar o brainstorming.

O brainstorming é uma discussão em grupo que as pessoas compartilham de forma espontânea suas opiniões ou ideias, o que foi compartilhado não pode ser classificado como ruim ou bom, a proposta é coletar o máximo de ideias possíveis.

Mas nem sempre temos sucesso ao juntar pessoas em reuniões de brainstorming, pois  discussões estão relacionadas a comunicação e envolvimento das pessoas com o tema a ser discutido. Existem pessoas com perfil mais comunicativo e outras nem tanto para exporem e expressarem suas ideias.

Para isso existem algumas regras e dicas que irão auxiliam no brainstorming:

  • Incentivar ideias

Por mais malucas que sejam, o intuito aqui é coletar o máximo de ideias possíveis sobre a discussão.

  • Não criticar as ideias

É importante fazer isso mesmo até as suas próprias ideias, isso pode ocasionar um bloqueio criativo e não é essa a intenção que queremos aqui.

  • Use como base a ideia das pessoas

É comum no incio da sessão termos poucas ideias. Então, conforme forem surgindo insights ao longo da sessão é comum uma coisa levar a outra, ou seja, a partir de uma sugestão vem novas ideias.

Agora que já sabemos algumas regras, vamos ver como tudo isso funciona:

  1. Definir o objetivo

A primeira coisa que deve ser feita, é definir qual a ideia inicial e o problema que será abordado na sessão.

Feito isso, pode-se iniciar uma reflexão sobre os possíveis fatores que podem causar o problema, além de pensar sobre como pode ser solucionado.

  1. Compartilhar as ideias

Pedir para que as pessoas coloquem suas ideias em post its, os insights de todos os colaboradores vão incorporando as ideias.

Aqui é importante que a participação seja de forma horizontal, isso deixa o ambiente mais justo, dessa forma pessoas que não interagem acabam se expressando e o receio de ser julgado diminui.

  1. Classificar as ideias

Após as ideias serem compartilhadas através do post its, é necessário agrupá-las conforme a conexão entre elas, aqui pode-se criar quantos grupos forem necessários.

No final dessa etapa, cada colaborador deve voltar em um dos grupos, isso garante a qualidade da escolha das ideias.

  1. Plano de ação

A última etapa é composta pelas ideias escolhidas, onde são discutidas entre todos os colaboradores para formar uma ideia principal.

O mais importante é focar na participação de todos na sessão e não ignorar suas ideias. O ambiente deve ser confortável e agradável e deve existir uma dinâmica social entre os participantes. Com isso, um brainstorming terá uma melhor performance.

O ambiente deve ser confortável e agradável para todos os participantes da sessão, dessa forma será possível alcançar melhores resultados.

Luis Felipe de Andrade Rossi
Apaixonado por tecnologia e inovação, sempre buscando novos conhecimentos em artigos, eventos e cursos.
Formado em Sistemas de Informação e Pós Graduado em Sistemas e Desenvolvimento WEB, possui grande conhecimento nas áreas de desenvolvimento web, gerenciamento de projetos e middleware.

Voltar ao topo